*Evento técnico, proibida a entrada de menores de 16 anos,
mesmo acompanhados de seus responsáveis.

Evento que será realizado no Expominas promove negócios e estimula o intercâmbio tecnológico no meio industrial


Público lota o pavilhão do Expominas, em Belo Horizonte, durante a realização da Minasparts, em 2013: aposta na promoção de novos negócios e no estímulo ao intercâmbio tecnológico. 

Confiante na recuperação econômica e industrial do país, a terceira edição da Minasparts – Feira da Indústria de Autopeças e Reparação Automotiva – será inaugurada nesta quarta-feira (19) apostando na promoção de negócios, na formação profissional e no estímulo ao intercâmbio tecnológico do setor automotivo.

As expressões mais repetidas pelas empresas participantes se ancoram na confiança do setor e na retomada da curva de ascendência da economia. “Quem conhece a indústria de autopeças e reparação automotiva de Minas Gerais e do país, sabe do que ela é capaz. A taxa de crescimento expressiva de Minas Gerais posicionou o estado como a segunda economia nacional, refletindo também o singular crescimento do setor industrial da região. A Minasparts se encaixa nesse segmento porque consegue reunir, no espaço privilegiado da feira técnica, vendedores e compradores interessados em fazer negócios”, afirma Cassio Dresch, diretor comercial da Diretriz, empresa promotora do evento.

A previsão do Sindipeças, entidade que reúne 500 empresas do setor automotivo em todo o Brasil, é a de elevação do faturamento em 4% no prazo curto de 18 meses. O indicador positivo seria um efeito do Inovar-Auto, programa do governo federal que estimula a inovação tecnológica e o adensamento da cadeia produtiva de veículos. Pelo lado da economia, o câmbio desfavorável à importação, com a alta do dólar, permitiria o aquecimento do mercado interno de autopeças e de reparação automotiva, abrindo novos postos de trabalho e retomando o fôlego das montadoras e das empresas fornecedoras.

Em 2014, a indústria de peças automotivas investiu US$ 1,38 bilhão frente a US$ 1,93 bilhão em 2013. A previsão do Sindipeças é que esse montante volte a crescer em médio e curto e prazo.

O modelo da Minasparts é o mesmo da Autopar – evento de fornecedores da indústria automotiva, realizado no Paraná, que, no curto espaço de seis anos, tornou-se o segundo mais importante do país no setor.

O cenário industrial de Minas Gerais também colabora com o otimismo dos organizadores e expositores da Minasparts. Terceiro maior parque fabril e segundo maior polo automotivo do país, Minas Gerais tornou-se, nas últimas décadas, o objeto de desejo de fabricantes de autopeças e acessórios, atraindo indústrias de ponta e fortalecendo o parque fabril mineiro. Minas tem acesso, ainda, a uma zona de consumo que corresponde a 78% do mercado nacional. Entre as montadoras instaladas no parque industrial do estado estão a italiana Fiat, responsável por sedimentar o setor de autopeças no estado e por constituir uma eficiente rede de lojas e distribuidoras.

A Minasparts será realizada de 19 a 22 de agosto (quarta a sábado) no Expominas, em Belo Horizonte. De quarta a sexta, das 15h às 22h. E sábado das 10h às 16h. A expectativa dos organizadores é reunir mais de 150 marcas expositoras para um público qualificado de 15 mil visitantes nos quatro dias do evento. O evento é técnico e restrito a credenciados. Proibida a entrada de menores de 16 anos, mesmo acompanhados de seus responsáveis. Mais informações no site www.feiraminasparts.com.br.










 









 

















Quero Visitar

Newsletter






Publicidade



Promoção


(41) 3075-1100

Conheça a Diretriz